Moro suspende por 30 dias ação penal contra Odebrecht, após início de negociação de delação

Moro suspende por 30 dias ação penal contra Odebrecht, após início de negociação de delação

Despacho do juiz da Lava Jato publicado nesta quarta-feira, 1, foi dado após assinatura de termo de confidencialidade de empreiteiro com a Procuradoria Geral da República para começo de tratativas de colaboração premiada ser tornada pública

Ricardo Brandt, Julia Affonso e Fausto Macedo

02 de junho de 2016 | 11h10

O juiz federal Sérgio Moro. Foto: Dida Sampaio/Estadão

O juiz federal Sérgio Moro. Foto: Dida Sampaio/Estadão

O juiz federal Sérgio Moro, que conduz os processos em primeira instância da Operação Lava Jato, suspendeu nesta quarta-feira, 1, a tramitação de uma ação penal contra o maior empreiteiro do País, Marcelo Bahia Odebrecht, em decorrência do início formal das negociações do grupo de um acordo de delação premiada com a força-tarefa da Procuradoria da República.

“Diantes de informações de que estaria em andamento a negociação de alguma espécie de acordo de colaboração entre as partes, suspendo este feito por 30 dias”, diz Moro, em despacho publicado ontem.

 

MORO SUSPENDE AP ODEB POR DELAÇAO

A ação penal trata da corrupção e lavagem de dinheiro em oito contratos da Odebrecht com a Petrobrás, que teriam resultado em pagamento de propinas entre 2006 e 2014.

[veja_tambem]

Os contratos são das obras de terraplenagem no Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) e na Refinaria Abreu de Lima, em Pernambuco, no gasoduto e no Terminal de Cabiúnas (Tecab), no Rio, e nas plataformas P-59 e P-60, na Bahia.

Odebrecht foi condenado a 19 anos e 4 meses de prisão, em outra ação penal julgada por Moro no dia 8 de março. O empreiteiro e executivos do grupo respondem ainda a uma terceira ação penal, aberta após a descoberta de um “departamento de propinas” dentro da empreiteira – resultado das investigações de pagamentos para o marqueteiro do PT João Santana.

Tudo o que sabemos sobre:

Odebrechtoperação Lava Jato

Tendências: