Moro sugere a Santa Cruz que abandone postura de militante político-partidário e as ofensas a Bolsonaro

Moro sugere a Santa Cruz que abandone postura de militante político-partidário e as ofensas a Bolsonaro

No Twitter, ministro da Justiça e Segurança Pública retrucou declarações do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil durante café da manhã com jornalistas nesta quarta, 11

Pedro Prata

11 de dezembro de 2019 | 15h23

O ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública) disse nesta quarta, 11, que ‘tem prazer’ em receber o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), mas sugeriu a Felipe Santa Cruz que ‘abandone a postura de militante político-partidário’. Moro também saiu em defesa do presidente Jair Bolsonaro. Ele recomendou ao líder da OAB que pare de fazer ‘ofensas ao PR e a seus eleitores’.

Foto: Twitter/@SF_Moro/Reprodução

Moro se referiu a declarações de Santa Cruz que, durante café da manhã com jornalistas, nesta quarta, 11, respondeu após ser indagado sobre a possibilidade de algum integrante da família Bolsonaro ter envolvimento no caso Marielle Franco: “Não duvido”.

Sérgio Moro: ‘Terei prazer em recebê-lo tão logo abandone a postura de militante político-partidário’. Foto: Amanda Perobelli/Reuters

O presidente da Ordem também disse que não consegue ser recebido no Ministério de Moro. “Não tem diálogo nenhum. Nem na ditadura isso acontecia.”

Felipe Santa Cruz: ‘Não tem diálogo nenhum’. Foto: Wilton Júnior/Estadão

Moro, no Twitter. “Tenho grande respeito pela OAB, por sua história, e pela advocacia. Reclama o Presidente da OAB que não é recebido no MJSP. Terei prazer em recebê-lo tão logo abandone a postura de militante político-partidário e as ofensas ao PR e a seus eleitores.”

Tendências: