Monica Moura diz que se reuniu com Dilma no Palácio para tratar de caixa 2

Monica Moura diz que se reuniu com Dilma no Palácio para tratar de caixa 2

Mulher do publicitário João Santana, marqueteiro das campanhas presidenciais da petista (2010/2014), depôs nesta segunda-feira, 24, em Salvador, na Ação de Investigação Judicial Eleitoral que pede a cassação da chapa Dilma-Temer e relatou encontro com a então presidente, informou a Globo News

Redação

24 de abril de 2017 | 16h46

Mônica Moura e João Santana foram transferidos para presídio estadual. Foto: Geraldo Bubiniak/AGB

Mônica Moura e João Santana. Foto: Geraldo Bubiniak/AGB

A marqueteira Monica Moura, mulher do publicitário João Santana, declarou nesta segunda-feira, 24, que tratou de pagamentos via caixa 2 com a então presidente Dilma Rousseff. Segundo Monica, ela chegou a conversar com a petista no Palácio do Planalto. As informações foram divulgadas pela repórter Andreia Sadi, da Globo News.

Monica disse que o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega ficou ‘encarregado’ de realizar os pagamentos.
Monica e João Santana foram marqueteiros das campanhas presidenciais de Lula (2006) e Dilma (2010/2014).

Já condenados na Operação Lava Jato a oito anos e quatro meses de prisão, eles fecharam acordo de delação premiada com a força-tarefa da Procuradoria-Geral da República.

Monica e Santana prestaram depoimento nesta segunda na Ação de Investigação Judicial Eleitoral, em curso no Tribunal Superior Eleitoral. A ação, proposta pelo PSDB, pede a cassação da chapa Dilma-Temer por suposto abuso de poder econômico e político.

Monica declarou que conversou com Dilma sobre pagamentos ‘via caixa dois e caixa um’.

Tudo o que sabemos sobre:

Mônica MouraJoão SantanaTSE

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.