Ministério Público cria site com rol de direitos das vítimas de crimes

Ministério Público cria site com rol de direitos das vítimas de crimes

Portal será lançado nesta segunda-feira, 7, pelo Conselho Nacional do Ministério Público e trará fases do processo, guia de contatos e lista de consequências penais a que infratores estão sujeitos

Redação

07 de fevereiro de 2022 | 11h05

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) lança nesta segunda-feira, 7, um site com informações para ajudar vítimas de crimes. O conteúdo vai incluir, por exemplo, as fases do processo e as consequências penais a que os infratores estão sujeitos, além da lista de direitos que podem ser cobrados.

O objetivo da iniciativa é aumentar o conhecimento da população sobre o trabalho do Ministério Público para assegurar seus direitos. O portal também terá um guia com os contatos dos núcleos e centros de apoio às vítimas que são mantidos pelos MPs em todo o País.

Um evento na sede do CNMP, em Brasília, vai marcar o lançamento do portal. A apresentação será feita pelo presidente da Controle Externo da Atividade Policial e Segurança Pública (CSP), conselheiro Marcelo Weitzel, e pelo presidente da Associação Nacional do Ministério Público (Conamp), Manuel Murrieta.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.