Mercado de outlet deve ser impulsionado pelo cenário de pandemia

Mercado de outlet deve ser impulsionado pelo cenário de pandemia

Cezário Caram*

21 de outubro de 2020 | 11h10

Cezário Caram. FOTO: DIVULGAÇÃO

O conceito de Outlet, que surgiu nos Estados Unidos como uma forma dos fabricantes oferecerem seus produtos excedentes e danificados com descontos, vem ganhando cada vez mais destaque no Brasil com sua proposta de preços mais baixos e marcas famosas com valores acessíveis aos clientes. O cenário de pandemia de Covid-19 acrescentou mais um elemento favorável a este tipo de empreendimento. O fato de que a maioria desses shoppings funciona em espaços abertos virou um atrativo.

Embora o mercado de Outlets seja de alto potencial, ainda se trata de um nicho muito pequeno no Brasil. Apesar de já ser explorado por gigantes como BR Malls, General Shopping e JHSF, o país não tem 20 empreendimentos do gênero, enquanto o total de shopping centers pelo país é de 577, segundo a Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce). Por isso, acreditamos que o setor de Outlet tem grande potencial de crescimento no país.

Durante a pandemia, foi inaugurado o Smart Outlet Aeroporto, em Guarulhos (SP). A General Shopping se prepara para inaugurar o Outlet Premium na Rodovia Ayrton Senna, com acesso ao município de Mogi das Cruzes (SP), uma obra realizada pela Ribeiro Caram. O empreendimento será entregue em novembro. Foram 12 meses de obra, com 51 mil metros quadrados de área construída e 70 lojas.

Este é um segmento que temos expertise e queremos ampliar a nossa atuação.   A Ribeiro Caram também foi responsável pela construção do Outlet Premium RJ, em Duque de Caxias, e pela implementação do Deck Parking Serro Azul do Outlet Premium SP, na avenida Bandeirantes.

Em um momento difícil para a economia, o setor de Outlets, além da experiência que proporciona aos clientes, se tornou uma alternativa para as fábricas que estão com os estoques abarrotados com o fecha e abre do comércio em função dos protocolos de segurança impostos pela pandemia. Com preços mais baratos e projetos arquitetônicos com estruturas abertas, sem elevadores ou escadas rolantes, acreditamos que os Outlets devem atrair cada vez mais consumidores.

De olho neste cenário, grandes cadeias de shoppings centers já voltaram a fazer estudos de novos projetos de Outlets para 2021. Estamos apostando no crescimento deste segmento nos próximos dois anos e estamos preparados para atender estas demandas.

*Cezário Caram, presidente da construtora Ribeiro Caram

Tudo o que sabemos sobre:

Artigo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.