Menino de 12 anos leva cintada de segurança de fast food na Anchieta; veja

Menino de 12 anos leva cintada de segurança de fast food na Anchieta; veja

Agressão teria sido motivada por um copo de refrigerante; testemunhas agrediram funcionário da rede Burger King que destaca, em nota, repúdio a atos de violência e que já encerrou contrato com a empresa de serviço terceirizada responsável pela vigilância de suas lojas

Jayanne Rodrigues

18 de fevereiro de 2022 | 19h04

O menino fez corpo de delito na quinta-feira, 17. Foto: Reprodução/ internet

Um copo de refrigerante foi o motivo, segundo testemunhas, de um segurança do fast food Burger King, açoitar um garoto de apenas 12 anos. A violência aconteceu na última terça, 15, na unidade localizada na Rodovia Anchieta, zona sul de São Paulo. Segundo o relato do menino, ele estava com outros colegas no estacionamento local pedindo lanche quando uma cliente entregou um copo para ele repor refrigerante. No momento em que ele foi na máquina, o segurança jogou a bebida no lixo e, ao tentar fugir, foi golpeado com um cinto.

As pessoas que presenciaram a agressão começaram a filmar no intuito de impedir a continuidade do ato. A partir daí, um homem começou a discutir com o segurança, no instante em que outra pessoa acolheu o garoto. No meio da confusão, o agressor ainda levou um chute. Um das testemunhas pediu para a criança levantar a blusa e mostrar a marca da cintada nas costas. Em seguida, alguém diz indignado “ele bateu no moleque, mano.”

Com os chutes, o segurança caiu no chão. Funcionários da loja precisaram se envolver no tumulto para acabar com a briga. Mesmo após a confusão ser apaziguada, um homem ainda disse com o tom indignado: “Isso não faz com ninguém.”

A mãe do menino só teve conhecimento da agressão através da repercussão das imagens nas redes sociais. Na quinta-feira, 17, o garoto foi levado para fazer exame de corpo de delito. Um boletim de ocorrência foi registrado na 26º DP (Sacomã).

COM A PALAVRA, A SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DE SÃO PAULO

O caso é investigado pelo 95º DP por meio de inquérito policial. A autoridade policial analisa imagens do local e realiza diligências para esclarecer as circunstâncias dos fatos.”

COM A PALAVRA, A REDE DE FAST FOOD BURGER KING 

Em nota divulgada nas redes pela assessoria, o Burger King informou que “repudia qualquer ato de violência” e também “encerrou o contrato com a empresa de serviço terceirizado responsável pela segurança, e que segue apurando o caso para tomar as demais medidas cabíveis”.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.