Marcelo Odebrecht e Emílio, delatores da Lava Jato, são interrogados na ação do sítio de Atibaia

Marcelo Odebrecht e Emílio, delatores da Lava Jato, são interrogados na ação do sítio de Atibaia

Empresários foram ouvidos nesta quarta-feira, 7, pela juíza federal Gabriela Hardt, sucessora de Sérgio Moro na Lava Jato, no processo em que o ex-presidente Lula é réu por corrupção e lavagem de dinheiro

Redação

07 Novembro 2018 | 18h56

Marcelo Odebrecht em Curitiba. Foto: Cassiano Rosário/Futura Press

Os empresários Marcelo e Emílio Odebrecht e Alexandrino Alencar foram interrogados nesta quarta-feira, 7, pela juíza federal Gabriela Hardt, sucessora do juiz Sérgio Moro, nos processos da Operação Lava Jato. Os três delatores da Odebrecht falaram no processo do sítio de Atibaia, em que o ex-presidente Lula é réu por corrupção e lavagem de dinheiro.

O petista está preso em Curitiba desde abril. O ex-presidente foi condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), no caso triplex, a 12 anos e um mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.