Mansão de traficante em SC vai virar centro de luta contra drogas

Mansão de traficante em SC vai virar centro de luta contra drogas

Imóvel de R$ 2 milhões e 850m2 foi doado para uso do poder público

Redação

16 de outubro de 2014 | 04h00

Por Julia Affonso

Uma casa de luxo avaliada em R$ 2 milhões, segundo o Tribunal de Justiça de Santa Catarina, que pertencia a um traficante na cidade de Luzerna, no interior do estado, vai se transformar em um centro de tratamento e prevenção ao alcoolismo e uso de drogas. O imóvel de 850 m2 de área interna e 1.000 m2 de terreno foi apreendido pela Polícia Civil durante uma investigação sobre tráfico de drogas na região.

A mansão foi avaliada em R$ 2 milhões. Foto: Divulgação/Polícia Civil

A mansão foi avaliada em R$ 2 milhões. Foto: Divulgação/Polícia Civil

Na quinta-feira, 16, a mansão foi entregue oficialmente ao município de Luzerna. O imóvel, construído com dinheiro do tráfico de drogas, foi declarado perdido em sentença penal condenatória proferida na Vara Criminal da Comarca de Joaçaba, e confirmada em grau de recurso pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina. A sentença definiu a doação da casa à cidade de Luzerna, local onde eram feitas o traficante condenado pela Justiça comandava as atividades.

O TJ informou que a reforma da casa começa na segunda-feira, 20. O imóvel tem três andares e fica em uma área central de Luzerna, ao lado de um grande hospital do município. A cidade tem cerca de 5.700 habitantes e fica a 400 km da capital Florianópolis.

A casa tem 850m² de área interna. Foto: Divulgação/Polícia Civil

A casa tem 850m² de área interna. Foto: Divulgação/Polícia Civil