Manoel Pereira Calças eleito presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo

Manoel Pereira Calças eleito presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo

Com 213 votos, atual corregedor da maior Corte do pais é escolhido para biênio 2018/19

Fausto Macedo e Luiz Vassallo

06 de dezembro de 2017 | 15h52

Manoel de Queiroz Pereira Calças. 16/03/2017. Foto: TJSP

Por 213 votos, desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças foi eleito, nesta quarta-feira, 6, novo presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Ademir Carvalho, com quem disputou o segundo turno, recebeu 124 votos.

Atual corregedor, Calças é o sucessor de Paulo Dimas Mascaretti. Ele tem à sua frente o desafio de administrar um Tribunal com 45 mil servidores, dois mil juízes e 359 desembargadores.

Manoel de Queiroz Pereira Calças, 67 anos – 41 de carreira – é mestre e doutor em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Tomou posse na Magistratura em 1976 e foi nomeado para a 15ª Circunscrição Judiciária, com sede em São José do Rio Preto.

Exerceu a judicatura nas comarcas de Paulo de Faria, Tanabi, São José do Rio Preto e na Capital. Foi promovido para o 2º Tribunal de Alçada Civil em 1995.

Assumiu o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo em 2005. Foi vice-diretor da Escola Paulista da Magistratura no biênio 2014-2015.

Professor da Faculdade de Direito do Largo São Francisco da Universidade de São Paulo, da Faculdade Paulista de Direito da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, da Universidade Nove de Julho e da Instituição Toledo de Ensino de Bauru