Tribunal Militar absolve major-brigadeiro acusado de falsidade ideológica

Tribunal Militar absolve major-brigadeiro acusado de falsidade ideológica

Herman Rubens Walemkamp foi acusado de envolvimento em um suposto esquema de fraude na execução de obras, entre elas o centro de lançamento de Alcântara e o hospital da Base Aérea de Natal

Rafael Moraes Moura / Brasília

10 de abril de 2019 | 09h21

Base de Alcântara, no Maranhão. Foto: AEB

Por unanimidade, o Superior Tribunal Militar (STM) decidiu nesta terça-feira, 9, absolver o major-brigadeiro Herman Rubens Walemkamp, acusado de envolvimento em um suposto esquema de fraude na execução de obras, entre elas o centro de lançamento de Alcântara e o hospital da Base Aérea de Natal.

O Ministério Público Militar (MPM) acusava o major-brigadeiro de falsidade ideológica, por supostamente atuar em um esquema de emissão de documentos falsos que atestariam obras que não tinham sido realizadas, mas os ministros do STM acreditaram que não havia provas suficientes para condená-lo.

Tudo o que sabemos sobre:

STM [Superior Tribunal Militar]