‘Lula está tranquilo’, diz delegado da Lava Jato

‘Lula está tranquilo’, diz delegado da Lava Jato

Delegado Igor Romário, que integra a força-tarefa da Operação Lava Jato, afirma que ex-presidente está depondo desde oito horas desta sexta, 4, no Aeroporto de Congonhas em São Paulo

Ricardo Brandt, Julia Affonso, Andreza Matais e Mateus Coutinho

04 de março de 2016 | 11h11

(FILES) This file photo taken on August 29, 2015 shows Brazilian former president (2003-2011) Luiz Inacio Lula Da Silva participating in the 12th Congress of the Brazilian Workers Union (CUT) in Belo Horizonte, Brazil, on August 28, 2015. Brazil police search home on March 4, 2016 of ex-president Lula da Silva in corruption probe. / AFP / DOUGLAS MAGNO

O ex-presidente Lula. Foto: AFP

Atualizada às 11h54

O delegado Igor Romário, da força-tarefa da Operação Lava Jato, disse que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está respondendo a todas as perguntas que estão sendo feitas a ele nesta sexta-feira, 4, no âmbito da Operaçao Aletheia, ápice de investigação sobre esquema de corrupção na Petrobrás.

“Ele está tranquilo, nenhum tipo de reação mais acirrada”, afirmou o delegado Igor, que está em Curitiba, base da Lava Jato, mas recebe minuto a minuto informações dos seus colegas que se deslocaram a São Paulo para executar a Aletheia e que estão ouvindo o ex-presidente.

Segundo a PF, o petista está respondendo a todas as perguntas que estão sendo feitas a ele por delegados e procuradores da República.

Lula foi conduzido coercitivamente de sua residência, em São Bernardo do Campo, até o Aeroporto de Congonhas em São Paulo. Ele está sob suspeita de ter recebido propinas do esquema de corrupção instalado na Petrobrás entre 2004 e 2014.

O ex-presidente começou a falar por volta das 8h. O depoimento durou quase 4 horas.

Tudo o que sabemos sobre:

Lulaoperação Lava Jato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.