Lula entrega à Justiça comprovantes de sua renda

Lula entrega à Justiça comprovantes de sua renda

Advogados do ex-presidente protocolam na 10.ª Vara Federal em Brasília documentos relativos a ganhos que, segundo o petista, se resumem a R$ 6 mil como anistiado aposentado e retiradas de R$ 25 mil de sua empresa de palestras

Mateus Coutinho, Julia Affonso e Ricardo Brandt

16 Março 2017 | 17h27

In this March 13, 2017 photo, Brazil's former President Luiz Inacio Lula da Silva arrives for an event with rural workers in Brasilia, Brazil. Brazil's former president has denied in court on March 14, that he was part of a plot to obstruct a massive corruption probe by keeping a former executive-turned-state's evidence from revealing what he knew. (AP Photo/Eraldo Peres)

Lula. Foto: Eraldo Peres/AP

Os advogados do ex-presidente Lula protocolaram nesta quinta-feira, 16, petição dirigida à 10.ª Vara Federal em Brasília com informações sobre os rendimentos do petista.

O documento é o Comprovante de Rendimentos Pagos e de Imposto sobre a Renda Retido na Fonte relativo ao ano-calendário de 2016, tendo como fonte pagadora a empresa L.I.L.S. Palestras, Eventos e Publicações Ltda.

Segundo os advogados do petista, Cristiano Zanin Martins e Roberto Teixeira, o documento confirma informações prestadas por Lula ao juiz da 10.ª Vara Federal que o interrogou na última terça-feira, na ação penal em que o ex-presidente é réu por supostamente tramar contra a Lava Jato tentando comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobrás Nestor Cerveró. Lula nega envolvimento com o caso.

No interrogatório, Lula disse que sua renda mensal é formada por uma aposentadoria na condição de anistiado, deferida em 1993, no valor aproximado de R$ 6 mil, e, ainda, por retiradas de R$ 25 mil por mês da empresa de palestras, ‘de onde também provêm valores doados aos seus filhos, todos devidamente declarados e com impostos recolhidos’.

 

Mais conteúdo sobre:

Lulaoperação Lava Jato