Lula diz que ‘achava’ que Moro ia rejeitar acusação

Lula diz que ‘achava’ que Moro ia rejeitar acusação

Em entrevista aos jornalistas José Trajano e Juca Kfouri, ex-presidente voltou a classificar de 'mentirosa' a denúncia da força-tarefa da Lava Jato que resultou em sua condenação a nove anos e seis meses de prisão no caso triplex

Da Redação

20 de julho de 2017 | 13h27

Lula e os jornalistas José Trajano (à esq.) e Juca Kfouri (à dir.). Foto: Reprodução

O ex-presidente Lula disse nesta quinta-feira, 20, que ‘achava’ que o juiz federal Sérgio Moro fosse recusar a denúncia contra ele da força-tarefa da Operação Lava Jato por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso triplex.

“A acusação é tão mentirosa, tão mentirosa, que eu achava que o Moro ia recusar”, declarou Lula em entrevista aos jornalistas José Trajano e Juca Kfouri.

A ação penal do caso triplex culminou com a condenação de Lula a nove anos e seis meses de prisão. O petista está recorrendo em liberdade.

CASO ODEBRECHT: + Moro e Lula frente a frente de novo em setembro

Moro alega ‘gastos indesejáveis’ e dá a Lula chance de videoconferência

Na entrevista, Lula se referiu ao polêmico episódio do procurador da República Deltan Dalagnoll, da força-tarefa da Lava Jato, que ao divulgar a denúncia criminal fez uso de power-point.

“Depois que eu vi aquele power-point do procurador Deltan, eles criaram uma fantasia e nessa fantasia eu sou o chefe.”

CASO TRIPLEX: + De próprio punho, Lula para Moro: ‘Pretendo recorrer’

Moro alega ‘antiguidade’ e não toma carro velho de Lula

Por ordem de Moro, BC bloqueia R$ 606 mil de Lula

Absolvido por Moro, Okamotto recorre

O ex-presidente foi enfático ao se declarar inocente. “Pelo amor de Deus, apresentem uma prova.”

Ele disse que ‘passaram seis anos dizendo que seu filho era dono da Friboi’.

Mais conteúdo sobre:

Lulaoperação Lava Jato