Leia e ouça delatores da Lava Jato que atribuem propina a Beto Richa

Leia e ouça delatores da Lava Jato que atribuem propina a Beto Richa

Três colaboradores da Operação Integração, desdobramento da Lava Jato, detalharam ao Ministério Público Federal, no Paraná, como funcionava suposto esquema de arrecadação de propinas durante o governo do tucano

Redação

20 de fevereiro de 2019 | 16h58

Três delatores descreveram ao Ministério Público Federal o funcionamento do suposto esquema de corrupção instalado no Governo Beto Richa (PSDB), no Paraná. Prestaram depoimentos o ex-diretor do DER-PR Nelson Leal Júnior, o ex-presidente da Econorte Helio Ogama e o ex-contador da Econorte Hugo Ono.

O ex-governador Beto Richa nega qualquer irregularidade. Após o início das investigações, o tucano foi preso duas vezes. Na primeira, foi solto por ordem do ministro Gilmar Mendes, do Supremo. Na segunda, Beto Richa deixou a cadeia por determinação do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha.

LEIA E OUÇA OS DEPOIMENTOS

DEPOIMENTOS DE NELSON LEAL JÚNIOR

Documento

Documento

Documento

Documento

Documento

Documento

DEPOIMENTOS DE HUGO ONO

Documento

Documento

Documento

DEPOIMENTOS DE HELIO OGAMA

Documento

Documento

Documento

Documento

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: