Leia a denúncia e o pedido de prisão contra Garotinho e Rosinha

Leia a denúncia e o pedido de prisão contra Garotinho e Rosinha

Promotoria de Justiça Eleitoral de Campos dos Goytacazes (RJ) atribui aos ex-governadores do Rio, presos nesta quarta-feira, 22, os crimes de corrupção, concussão, participação em organização criminosa e falsidade na prestação das contas eleitorais

Fausto Macedo e Fabio Serapião

22 Novembro 2017 | 13h40

Foto: Reprodução

Em 150 páginas, a Promotoria de Justiça Eleitoral de Campos dos Goytacazes (RJ) descreve crimes supostamente praticados pelos ex-governadores do Rio Anthony Garotinho e Rosinha Garotinho, ambos do PR. O casal foi preso nesta quarta-feira, 22, pela Polícia Federal.

O Ministério Público atribui os crimes de corrupção, concussão, participação em organização criminosa e falsidade na prestação das contas eleitorais a Garotinho e Rosinha.

Mais conteúdo sobre:

Anthony GarotinhoRosinha Garotinho