Leia a decisão que pôs a Pedra no Caminho das propinas do Rodoanel Norte

Leia a decisão que pôs a Pedra no Caminho das propinas do Rodoanel Norte

Juíza Maria Isabel do Prado autorizou buscas e apreensões no canteiro de obras da OAS no anel viário, dois executivos e um arquivo onde o delatores afirmam ter guardados papeis referentes aos contratos com a Dersa

Redação

01 de fevereiro de 2019 | 09h12

Reprodução de trecho da decisão que deflagrou a Pedra no Caminho 2

Polícia Federal deflagrou a Operação Pedra no Caminho 2, um desdobramento da Lava Jato em São Paulo, e cumpriu na manhã desta quarta-feira, 30, um mandado de busca e apreensão em Salvador e outros três nas cidades de São Paulo e Santana do Paranaíba em endereços relacionados à empreiteira OAS e a ex-funcionários da empresa. A ação fez parte das investigações sobre corrupção de servidores públicos pela empreiteira para as obras do trecho norte do Rodoanel.

Documento

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: