Leia a decisão que deflagrou a Pausare

Leia a decisão que deflagrou a Pausare

Juiz Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, autorizou 100 mandados contra investigados por desvios no fundo de pensão dos Correios

Da Redação

02 de fevereiro de 2018 | 06h00

A Polícia Federal abriu nesta quinta-feira, 1, a Operação Pausare. A ação vai durar 48 horas e mira um esquema de desvio de recursos previdenciários do Fundo Postalis, o Instituto de Seguridade Social dos Correios e Telégrafos.

Documento

A Pausare ocorre em regime de esforço concentrado pelos próximos dois dias em SP, no RJ, DF e em AL.

O empresário Milton Lyra, apontado como operador do senador Renan Calheiros (PMDB-AL), é um dos alvos de busca e apreensão. Outro alvo é o ex-presidente do Postalis Alexej Predtechensky.

COM A PALAVRA, MILTON LYRA

Nota de esclarecimento

Milton Lyra não é e nunca foi intermediário de qualquer repasse a congressistas. Tampouco teve qualquer tipo de negócio com o fundo Postalis. O empresário é o principal interessado na conclusão das investigações, para o que colabora integralmente no esclarecimento das falsas acusações das quais tem sido vítima.

Assessoria de imprensa do empresário Milton Lyra