Leia a decisão de Toffoli que determina voto secreto à presidência do Senado

Ministro derrubou decisão de Marco Aurélio Mello, que previa a votação aberta para o cargo

Luiz Vassallo

09 Janeiro 2019 | 23h16

Brasília, 09/01/2018 – O ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal, atendeu a pedido feito pela Mesa do Senado Federal e pelos partidos Solidariedade e MDB e derrubou na noite desta quarta-feira, 9, a decisão monocrática (individual) do ministro Marco Aurélio Mello, que havia decidido que a votação para a eleição do novo presidente do Senado deveria ser com voto aberto. Com isso, a eleição, que acontecerá no dia 1º de fevereiro, continuará sendo secreta.

Documento