Leia a decisão de Moro que deflagrou Operação Xepa

Leia a decisão de Moro que deflagrou Operação Xepa

26.ª fase da Lava Jato atinge o coração do esquema de propinas da maior empreiteira do País

Julia Affonso, Fausto Macedo e Ricardo Brandt

22 de março de 2016 | 10h51

BRASÍLIA DF BSB / POLITICA / LAVA JATO / OPERAÇÃO XEPA - Polícia Federal em frente ao Hotel Royal Tulip Brasília Alvorada, em Brasília, na manhã desta terça-feira (22), durante a 26ª fase da Operação Lava Jato. Cerca de 380 policiais federais cumprem 110 mandados judiciais. A atual fase foi batizada de 'Xepa' e tem como um dos alvos o Grupo Odebrecht. FOTO ANDRE DUSEK/ESTADÃO

Polícia Federal em frente ao Hotel Royal Tulip Brasília Alvorada, em Brasília, na manhã desta terça-feira (22), durante a 26ª fase da Operação Lava Jato. Cerca de 380 policiais federais cumprem 110 mandados judiciais. A atual fase foi batizada de ‘Xepa’ e tem como um dos alvos o Grupo Odebrecht. FOTO ANDRE DUSEK/ESTADÃO

O juiz federal Sérgio Moro, que conduz os processos em primeiro grau da Operação Lava Jato, decretou a prisão de 15 pessoas ligadas ao esquema “profissional” de pagamentos e controle de propina do Grupo Odebrecht, descobertos na Operação Xepa – 26ª fase deflagrada nesta terça-feira, 22.

COM A PALAVRA, A ODEBRECHT:

“A Odebrecht confirma que a Polícia Federal cumpriu hoje mandados de prisão, condução coercitiva e busca e apreensão em escritórios e residências de integrantes em algumas cidades no Brasil. A empresa tem prestado todo o auxílio nas investigações em curso, colaborando com os esclarecimentos necessários.”

Tudo o que sabemos sobre:

operação Lava Jato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: