Leia a ação contra Kassab

Promotoria de São Paulo acusa ministro de improbidade administrativa e cobra R$ 21,2 milhões - valor correspondente à suposta vantagem indevida da Odebrecht

Da Redação

19 de dezembro de 2017 | 19h46

O Ministério Público Estadual de São Paulo entrou com ação na Justiça contra o ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab (PSD), por ato de improbidade administrativa ao supostamente receber vantagens indevidas de R$ 21 milhões da Odebrecht durante seu mandato na Prefeitura da capital (2006/2012). A empreiteira fechou acordo para delatar irregularidades entre 2008 e 2015 e ressarcir os cofres públicos com a Promotoria.

Documento

Tendências: