Kassab é alvo de busca e apreensão da PF

Kassab é alvo de busca e apreensão da PF

Ação foi autorizada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal

Fabio Serapião / BRASÍLIA

19 de dezembro de 2018 | 07h31

Gilberto Kassab. Foto: Evelson de Freitas/Estadão

Endereços ligados ao ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab (PSD), são alvo de busca e apreensão da Polícia Federal nesta quarta-feira, 19. A ação foi autorizada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), e tem origem no acordo de colaboração dos executivos do grupo J&F.

A partir de janeiro, Kassab será o secretário da Casa Civil do governo João Doria (PSDB), em São Paulo.

Ao todo, a PF cumpre 8 mandados de busca e apreensão. Além de Kassab, são cumpridos mandados relacionados ao governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD).

Segundo a PF, o objetivo da ação é “investigar o recebimento de vantagens indevidas”, entre os anos de 2010 a 2016, por parte de Kassab. Os repasses das empresas de Joesley e Wesley Batista teriam como objetivo garantir que Kassab defendesse os interesses do grupo e apoiasse a candidata do PT Dilma Rousseff (PT) na eleição de presidencial de 2014.

Além do apartamento do ministro em São Paulo, a PF também faz busca em endereços ligados ao irmão dele, Renato Kassab.

Tanto Kassab como Faria são investigados por corrupção passiva e falsidade ideológica eleitoral. Ao longo da investigação, diz a PF, descobriu-se que os repasses para Kassab e Faria teriam sido efetuados por meio da assinatura de contratos falsos com simulação de serviços entre as empresas do Grupo J&F e firmas indicadas pelos políticos. Um das empresas que teriam emitido essas notas é a Yape Consultoria, ligada à família de Kassab.

Aproximadamente 40 policiais federais dão cumprimento aos mandados de busca e apreensão, sendo 6 mandados no Estado de São Paulo e 2 no Rio Grande do Norte.

COM A PALAVRA, KASSAB

O ministro confia na Justiça brasileira, no Ministério Público e na imprensa, sabe que as pessoas que estão na vida pública estão corretamente sujeitas à especial atenção do Judiciário, reforça que está sempre à disposição para quaisquer esclarecimentos que se façam necessários, ressalta que todos os seus atos seguiram a legislação e foram pautados pelo interesse público.

COM A PALAVRA, DORIA

A propósito das medidas tomadas em relação ao ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, o governo João Doria confia na conduta da Justiça e no amplo direito de defesa do ministro para os esclarecimentos necessários.

Tudo o que sabemos sobre:

Gilberto KassabPolícia Federal

Tendências: