Juiz coloca nove PMs no banco dos réus por tortura com chutes, socos e tapas em homem já dominado

Juiz coloca nove PMs no banco dos réus por tortura com chutes, socos e tapas em homem já dominado

Redação

24 de julho de 2021 | 19h11

Agressões foram filmadas por testemunhas Foto: Divulgação

O juiz substituto da 3ª Auditoria Militar do TJMSP, Marcos Fernando Theodoro, recebeu a denúncia do Ministério Público de São Paulo contra um tenente, um sargento e 7 soldados da Polícia Militar acusados de torturar um homem de 27 anos durante ocorrência na madrugada de 13 de junho de 2020, no bairro do Jaçanã, zona norte da capital paulista.

A primeira audiência sobre o caso está marcada para o dia 8 de setembro, ocasião na qual será ouvida o homem espancado pelos policiais, além de testemunhas.

O caso foi flagrado em vídeo publicado nas redes sociais. A gravação mostrou os policiais desferindo chutes, socos e tapas em um jovem, que também é agredido com golpes de cassetete. Nas imagens, o homem não apresentava reação ao espancamento sofrido, mas continua a receber os golpes enquanto diz ser “trabalhador”.

Uma semana após as agressões, oito policiais militares chegaram a ser presos e levados para o Presídio Militar Romão Gomes, na zona norte da capital. Posteriormente, eles foram colocados em liberdade a pedido da defesa e com a concordância do Ministério Público.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.