Judiciário de São Paulo retoma atividades presenciais em julho

Judiciário de São Paulo retoma atividades presenciais em julho

Presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador Geraldo Pinheiro Franco, e corregedor-geral, Ricardo Anafe, apresentam plano de reabertura em transmissão ao vivo nesta segunda, 6, a partir das 11h na TV Conjur

Redação

06 de julho de 2020 | 06h00

Geraldo Pinheiro Franco, Ricardo Anafe João Otavio de Noronha e Ricardo Tosto. Fotos: Daniel Teixeira/Estadão, Antônio Carreta/TJSP, Roberto Jayme/ASICS/TSE e Divulgação

Depois de mais de três meses em trabalho remoto em razão da pandemia do novo coronavírus, o Judiciário de São Paulo vai iniciar a retomada das atividades presenciais. Nesta segunda, 6, a partir das 11h, o presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador Geraldo Pinheiro Franco, e o corregedor-geral do tribunal, Ricardo Anafe, vão detalhar o plano de reabertura das unidades da Justiça paulista em transmissão ao vivo no canal da TV Conjur no Youtube.

O presidente do Superior Tribunal de Justiça, João Otavio de Noronha, também participa da live para falar das perspectivas da retomada em todo o Brasil, com destaque para Brasília. Já o ponto de vista dos escritórios de advocacia será apresentado pelo advogado Ricardo Tosto.

Atendimentos por videoconferência e processos físicos também estarão na pauta do encontro.

Depois do evento, a direção do Tribunal de Justiça de São Paulo tornará público o Provimento 2.564, que define a retomada do trabalho presencial no tribunal e nos fóruns do Estado a partir do dia 27. O processo será gradativo: de início, com quadro de funcionários e horário reduzidos (das 13h às 17h) e sem atendimento ao público.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.