Interpol  prende na Tanzânia casal procurado por morte de criança encontrada em freezer em  São Paulo

Interpol prende na Tanzânia casal procurado por morte de criança encontrada em freezer em São Paulo

Mãe e padrasto de menino de 5 anos assassinado fugiram no início de setembro

Fausto Macedo e Mateus Coutinho

25 Novembro 2015 | 14h21

casal-filho

A Interpol (Polícia Internacional) localizou e prendeu nesta quarta-feira, 25, um casal tanzaniano procurado pela morte de um menino de 5 anos, que foi encontrado dentro de um freezer no centro da cidade de São Paulo, no início de setembro. Os foragidos foram localizados em Bagamoyo, distrito da região costeira da Tanzânia, após terem sido rastreados pela Polícia Federal brasileira.

A família, que residia em São Paulo era composta pela mãe, pelo padrasto da vítima, além de outras duas meninas. Todos deixaram o país, pelo aeroporto Internacional de Guarulhos-SP, em 3 de setembro de 2015.

[veja_tambem]

A Interpol em São Paulo, por meio da Polícia Federal, estava atuando em cooperação com a Polícia Civil paulista – que investiga a morte do menor – e inseriu, a pedido da Justiça estadual, o nome do casal na difusão vermelha, cadastro dos foragidos internacionais, após ter sido constatado que eles haviam deixado o país.

Em cooperação internacional, a Interpol São Paulo localizou a família na Tanzânia e informou a Interpol daquele país. “As autoridades locais deram cumprimento ao mandado de prisão internacional dos fugitivos nesta manhã (hora local)”, destaca a PF.

Com a prisão, será iniciado um processo de extradição dos procurados para o Brasil. Aqui, eles deverão ser processados e julgados pela morte do menino.

Mais conteúdo sobre:

Polícia FederalTanzania