Inculpado Manoel Silva Rodriguez

Inculpado Manoel Silva Rodriguez

Leia o que a Procuradoria da Espanha imputa ao sargento da FAB que integrava a comitiva presidencial e foi flagrado no dia 26 de junho com 37 quilos de cocaína no Aeroporto de Sevilha

Pepita Ortega

22 de outubro de 2019 | 13h19

O segundo-sargento da Aeronáutica Manoel Silva Rodrigues, preso em Sevilla, na Espanha, por transportar cocaína Foto: Reprodução

A Procuradoria da Espanha pede oito anos de condenação para o sargento da FAB Manoel Silva Rodriguez, preso em flagrante no Aeroporto de Sevilha com 37 quilos de cocaína em uma mala. Rodriguez fazia parte da comitiva presidencial que estava de passagem pela Espanha. Perante o Juizado de Instrução, a Procuradoria descreve a acusação contra o militar brasileiro e pede sua punição, incluindo multa de € 4 milhões (cerca de R$ 18 milhões).

COM A PALAVRA, A DEFESA

A reportagem busca contato com a defesa do sargento da FAB Manoel Silva Rodriguez. O espaço está aberto para manifestação.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: