Imposto de Renda: saiba quais são as maiores dúvidas na hora de declarar

Imposto de Renda: saiba quais são as maiores dúvidas na hora de declarar

Contribuintes devem enviar a declaração do Imposto de Renda de 2020 à Receita Federal entre os meses de março e abril.

Redação

20 de fevereiro de 2020 | 14h37

Maurício de Luca, CEO da Partwork Foto: Acervo Pessoal

Março chegando e a aflição sobre quais documentos, o que declarar ou não no Imposto de Renda começam a pipocar na mente do brasileiro. O envio da declaração ocorre anualmente entre os meses de março e abril.

No documento, devem ser descritos todos os gastos, ganhos ou rendimentos que o cidadão obteve durante o ano base. Os valores arrecadados são repassados à Receita Federal, que direciona para o Governo Federal.

Mas o que guardar? O que informar? Como proceder? Você também tem essas dúvidas? Confira os esclarecimentos do especialista em IR e CEO de uma empresa do setor contábil, Mauricio de Luca, sobre algumas questões envolvendo o tema

Quais os documentos necessários para declaração do imposto de renda 2020?

– Informações gerais;

– Dados da conta bancária para restituição ou débitos das cotas de imposto apurado, caso haja;

– Nome, CPF, grau de parentesco dos dependentes e data de nascimento;

– Endereço atualizado;

– Cópia da última Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (completa) entregue;

– Atividade profissional exercida atualmente.

Quem deve declarar o Imposto de Renda ?

– Pessoa física e residente no Brasil com rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.123.91 ao longo de 2019;

– Contribuintes que tiveram rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados na fonte superiores a R$ 40.000,00 no ano passado;

– Quem teve prioridades e bens de direitos em 2019 com valores superiores a R$ 300.000,00;

– Qualquer contribuinte que passou à condição de residente no Brasil durante 2019, e permaneceu até o final do ano;

– Quem teve receita bruta de atividade rural em 2019 igual ou superior a R$ 140.619,55;

– Quem quer compensar prejuízos da atividade rural com a Receita de anos anteriores.

– Quem realizou operações na Bolsa de Valores, mercados futuros, alienação de bens, etc;

Como devo informar pagamentos e doações?

– Recibos de pagamentos ou informe de rendimento de plano ou seguro-saúde (com CNPJ da empresa emissora e a indicação do paciente);

– Despesas médicas e odontológicas em geral (com CNPJ da empresa emissora ou CPF do profissional e a indicação do paciente);

– Comprovante de despesas com educação (com CNPJ da empresa emissora e a indicação do aluno);

– Comprovante de pagamento de Previdência Social e Previdência Privada (com CNPJ da empresa emissora);

– Recibos de doações efetuadas;

– GPS (ano todo) e a cópia da carteira profissional de empregado doméstico;

– Pagamento à candidato político também devem ser declarados.

Tudo o que sabemos sobre:

IR [Imposto de Renda]

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.