Hoplofilia

Hoplofilia

João Linhares*

01 de agosto de 2021 | 06h30

Presidente Jair Bolsonaro. FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

Atração patológica por arma.

De onde promana essa fixação,

essa tara?

Freud talvez responda numa preleção:

seria fruto de alguma amarra,

de muita frustração?

Falta de pólvora na espingarda

e de pouca imaginação?

 

Agricultor representado como jagunço:

estranha imagem,

triste prenúncio.

Sem paz nestas paragens

e bastante furdúncio.

 

Nas vindouras datas comemorativas,

em qualquer anúncio,

haverá crianças com armas destrutivas?

Que macambúzio!

No natal,

os regalos

serão pistolas, tiros, estalos!

Que tal?

 

Já não bastasse a zoofilia,

admitida francamente,

sem pudores, sem qualquer rinha,

mostrando o sorriso sarcástico entre os dentes:

“Eu pegava galinhas”!

 

E estica-se a corda,

estoura-se a linha…

Ouvidos moucos.

Acorda!

Não somos poucos…

Agora se veem

os princípios mais caros

arderem

na fogueira dos parvos

e autoritários.

Acólitos míopes,

parecem escravos…

E assim se caminha,

de síncope em síncope,

de mentira em mentira,

urdindo-se fatos,

difundindo-se pantomima.

 

E, na hoplofilia,

o desejo recôndito de se esfaquear a democracia,

num pensamento hermético, fechado,

de romper com a ordem jurídica.

Guardam, de 1964,

nostalgia!

O AI5 é ovacionado.

 

Nesta nação,

em que se propalam teses

escalafobéticas, conspiratórias,

sem mínima comprovação;

blá-blá-blá e ridículas histórias,

em que a voz de todos

os mortais reles,

mas sobretudo da oposição,

é perseguida

e ferozmente combatida,

precisa-se de mais de flores

e de menos munição.

Mais consenso,

menos agitação.

Mais deferência ao Direito,

menos desrespeito.

Mais igualdade,

menos preconceito.

Mais apego à racionalidade,

menos ídolos da lama da imoralidade…

Menos patranhas e desinformação,

mais prestígio à Constituição!

João Linhares. FOTO: ARQUIVO PESSOAL

*João Linhares, promotor de Justiça do Ministério Público de MS, mestre em Garantismo e Processo Penal pela Universidade de Girona – Espanha, especialista em Controle de Constitucionalidade e Direitos Fundamentais pela PUC – RJ. Membro da Academia Maçônica de Letras de MS

Tudo o que sabemos sobre:

ArtigoJair BolsonaroArma

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.