Governo tem que ser RETO!

Luciano Rezende*

01 Dezembro 2018 | 05h00

Governo RETO é um governo Rápido, Eficiente, Transparente e Online. São quatro valores imprescindíveis no mundo atual, que permitem que todos possam participar ativamente de uma gestão pública, garantindo a ela um alto índice de assertividade e de resultados positivos.

Governar, atualmente, em todos os níveis, exige aproximação dos cidadãos de uma forma que só a interação conectada em rede permite. Algo que engloba a oferta de serviços públicos ao alcance de um toque no celular, e canais de comunicação horizontais, que permitem que o cidadão seja corresponsável pela administração.

Em Vitória, seguimos a ideia de que #SomosTodosPrefeitos, o que permite haver uma real gestão compartilhada. O conceito de um governo RETO, adotado na capital do Espírito Santo, serve para outras cidades, Estados, para o Brasil e outros países. O conceito surge como a melhor forma de oferecer ao cidadão a proteção aos seus direitos individuais e uma vida mais resolutiva, livre e mais feliz.
Esse padrão de gestão começou a ser construído quando assumimos o primeiro mandato frente à Prefeitura e desde então foram muitas as mudanças de paradigmas.

Na saúde, hoje o cidadão pode marcar suas consultas online, o que acabou com as filas de espera para as consultas médicas. O paciente também é convidado a avaliar, via SMS, o atendimento recebido nas unidades de saúde, o que permite à Prefeitura aperfeiçoar os serviços oferecidos em sintonia com o que as pessoas desejam. Na educação, os pais também dão notas para a merenda das escolas. O modelo RETO permite ainda a desburocratização. Em Vitória, os alvarás podem ser retirados online e de forma declaratória.

Queremos sempre ouvir a voz das pessoas. Qualquer cidadão pode fazer queixas e agendar serviços por meio de um call center e também através de um app chamado Vitória Online. O meu telefone pessoal está disponível para qualquer pessoa acioná-lo via Whatsapp. Os contatos online, em tempo real, nos ajudam a responder as demandas em pouquíssimo tempo, prevenindo e evitando crises.

O modelo inovador de gestão adotado na Prefeitura de Vitória tem rendido prêmios e reconhecimento, tem aproximado os servidores municipais dos moradores. Por meio da inovação e da tecnologia temos conseguido superar desafios.

A cidade conta, inclusive, com amplo oferecimento de internet gratuita. São 220 pontos de wi-fi, de livre acesso. No mundo da tecnologia, o êxito de uma administração pública está plenamente ligado à ideia de um governo horizontal, que compreende o ambiente das redes sociais. Em pouco tempo, só teremos dois tipos de Gestores: aqueles que entendem a lógica do mundo horizontal, das redes e do poder compartilhado e os demais gestores que aprisionados na lógica do século passado serão gradativamente extintos!

Foi esse modelo de Gestão Compartilhada e Governo RETO, que nos permitiu sobreviver à maior queda de receita da história de Vitória, devido ao fim de um importante Fundo de Desenvolvimento das Atividades Portuárias (FUNDAP), somado à profunda crise econômica atual do Brasil.

Governamos durante o nosso primeiro mandato, de 2013 a 2016, com o equivalente a apenas três orçamentos anuais! A Gestão de Vitória teve de ser reinventada e a máquina diminuída. Reduzimos de 25 para apenas 17 o número de secretarias, baixamos em 20% o total de cargos comissionados, reduzimos em média 30% no custeio, entre muitas outras medidas que nos permitiram fazer mais com muito menos recursos.

O governo RETO foi a solução que alçou a capital do Espírito Santo para o futuro. Portanto, adotando um modelo cada vez mais Rápido, Eficiente, Transparente e Online, conseguimos fazer de Vitória uma das capitais mais tecnológicas do Brasil.

*Luciano Rezende é prefeito de Vitória

Mais conteúdo sobre:

Artigo