Galvão Engenharia, alvo da Lava Jato, entrega à Justiça plano de recuperação

Galvão Engenharia, alvo da Lava Jato, entrega à Justiça plano de recuperação

Galvão Participações também adotou medida; empresas, que culpam Petrobrás pela condição financeira, se propõem a vender rol de ativos

Redação

03 de junho de 2015 | 20h04

galvao

Por Thais Arbex

A Galvão Participações e a Galvão Engenharia protocolaram nesta quarta-feira, 3, seu plano de Recuperação Judicial na 7.ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro. A Galvão Engenharia é uma das 16 empreiteiras sob suspeita de ter formado cartel para assumir o controle de contratos bilionários na Petrobrás, esquema desmontado pela Operação Lava Jato. A Galvão nega envolvimento com o cartel.

As empresas propõem a venda de um rol de ativos suficiente para quitar suas dívidas integralmente. Entre os bens listados para venda estão participações da Galpar e da Gesa em outras companhias e créditos das empresas referentes a serviços executados, mas ainda pendentes de pagamento.

LEIA A ÍNTEGRA DO PLANO DE RECUPERAÇÃO DA GALVÃO ENGENHARIA E DA GALVÃO PARTICIPAÇÕES

Em março, a Galvão Engenharia e a Galvão Participações apresentaram à Justiça no Rio pedido de Recuperação Judicial. O pedido não incluiu as demais empresas do Grupo – CAB Ambiental, Galvão Óleo e Gás, Concessionária de Rodovias Galvão BR 153 e Galvão Finanças.

Em nota, na ocasião do pedido de Recuperação Judicial, o Grupo Galvão assinalou que a medida decorria “da atual condição financeira da Galvão Engenharia e suas consequências na Galvão Participações, situação esta agravada pela inadimplência de alguns de seus principais clientes, dentre eles a Petrobrás”.

Na época, a Petrobrás – vítima da corrupção, segundo a força-tarefa da Lava Jato -, em nota de sua Gerência de Imprensa da Comunicação Institucional, informou que “está em dia com suas obrigações contratuais”. Segundo a Petrobrás, “os pagamentos dos compromissos reconhecidos com as empresas contratadas são realizados de acordo com a legislação vigente e os prazos contratuais”.

LEIA NOTA DA GALVÃO PARTICIPAÇÕES E DA GALVÃO ENGENHARIA

Por meio de sua assessoria de imprensa, a Galvão Participações S/A (Galpar) e a Galvão Engenharia S/A (Gesa) informam que protocolaram seu plano de Recuperação Judicial hoje, 3 de junho, na 7a Vara Empresarial do Rio de Janeiro.

O plano propõe a venda de um rol de ativos das empresas suficiente para quitar suas dúvidas integralmente.

Entre os bens listados para venda estão participações da Galpar e da Gesa em outras companhias e créditos das empresas referentes a serviços executados mas ainda pendentes de pagamento.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: