Franquia como uma excelente opção para quem deseja empreender

Franquia como uma excelente opção para quem deseja empreender

Lucas Moreira*

28 de fevereiro de 2021 | 04h00

Lucas Moreira. FOTO: DIVULGAÇÃO

Empreender foi uma das coisas mais naturais que eu já fiz na vida. Fácil? Não, claro que não, mas foi natural, quase que um chamado. Ainda que pareça papo de workshop gringo para a venda de livro, espero que entenda como a fala de um profissional que já atuou por anos no mercado de franquias, pai e marido, para que seja interpretado como se deve. Quando temos um chamado, um propósito de vida, uma vontade fiel e original dentro de nós, somos acionados por essa ideia, até que ela seja atendida. E, se você chegou até esse ponto do texto é porque provavelmente já teve algum tipo de chamado.

Apesar de ser um processo construtivo lindo de se viver, empreender é uma decisão séria, que envolve muito mais do que simplesmente investir financeiramente. Para quem deseja empreender no mercado de franquias, o caminho já trilhado por uma marca pode facilitar, mas, a preparação, pesquisa e planejamento ainda continuam sendo importantes, como em qualquer outro processo de abertura de negócio.

Algumas dicas e estratégias podem consideradas importantes e fazer a diferença entre construir um sonho ou amarrá-lo em um modelo que não atende as expectativas de quem sonha em ter sua própria empresa.

A pesquisa de um modelo de negócios, principalmente em franquias, que atenda aos objetivos desse sonho tem que ir além da planilha. Colocar no papel qual sua pretensão financeira, o investimento, custos e potenciais retornos é só o primeiro degrau. Pesquisar marcas e modelos de negócio que tenham sinergia com o que você tem como propósito, com a sua vida, com o seu estilo, com aquilo que está disposto a abraçar, é essencial e pode fazer toda a diferença lá na frente. 

Quem empreende tem flexibilidade de tempo, trabalha muitas horas, mas também tem poder de decisão de como aplicar essas horas. Por isso, um modelo de negócio que permite uma execução simples e ágil pode ser uma boa escolha. Um franqueado não precisa ser refém de seu negócio, nem de um especialista. Existem hoje algumas marcas no mercado, com uma gestão tão bem modelada e estruturada que, como atendimento diário nas lojas sendo feito por um profissional contratado, com treinamento adequado, o empreendedor pode se dedicar ao que realmente interessa: a parte estratégica. É importante observar se a marca escolhida optou por soluções modernas e que de fato facilitem o dia a dia da operação.

Por fim, empreender não precisa ser uma jornada solitária. Quando investimos em um negócio solo, tudo é muito complicado e toda decisão parece pesada. Já em uma rede de franquias, o parceiro franqueado nunca estará só. É preciso ser parceiro da franqueadora e entender que criar ações que evidenciem a marca, seja pelo suporte estruturado para os franqueados, ou pelos atrativos em PDV e marketing, pode garantir o sucesso de todos. Pesquise e busque por parceiros e não por vendedores de franquia.

*Lucas Moreira, CEO da franquia Splash Bebidas Urbanas

Tudo o que sabemos sobre:

Artigo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.