FBI alertou Brasil sobre suspeitos de terrorismo, diz procurador

FBI alertou Brasil sobre suspeitos de terrorismo, diz procurador

Rafael Brum Miron, da Operação Hashtag, revela que Polícia Federal americana apontou 'seis ou sete nomes' e advertiu para o radicalismo dos simpatizantes do Estado Islâmico

Julia Affonso, Mateus Coutinho e Fausto Macedo

22 de julho de 2016 | 17h50

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O procurador da República Rafael Brum Miron, da Operação Hashtag, afirmou que o FBI, a Polícia Federal americana, alertou o Brasil sobre ao menos seis suspeitos de compor uma célula terrorista internacional do Estado Islâmico, no País. O relatório da polícia americana era ‘sucinto’, segundo o procurador, mas apontava para os investigados e advertia sobre o radicalismo deles.

“Veio do FBI a informação”, afirmou o procurador. “Eles mandaram um relatório bem sucinto. Tais pessoas merecem investigação, atenção maior.”

A Operação Hashtag prendeu 10 suspeitos na quinta-feira, 21. Todos foram levados para o presídio federal de segurança máxima em Campo Grande, em Mato Grosso do Sul.

Nas missões de buscas nos endereços dos alvos da Hashtag foram apreendidos ‘objetos de apologia’ ao Estado Islâmico.

A operação ocorre a quinze dias dos Jogos Olímpicos, quando o Brasil receberá federações de atletas de todo o mundo, incluindo países que foram alvos de ataques recentes do grupo. Os mandados foram expedidos pela 14ª Vara Federal de Curitiba, onde morava o suposto líder do grupo.

Veja por onde a Polícia Federal andou para cumprir Hashtag:

RIO GRANDE DO SUL: Um mandado de prisão e um de busca e apreensão

PARANÁ: Um mandado de prisão e um de busca e apreensão

RIO DE JANEIRO: Um mandado de prisão e um de busca e apreensão

PARAÍBA: Um mandado de prisão e um de busca e apreensão

CEARÁ: Um mandado de prisão e um de busca e apreensão

SÃO PAULO: Quatro mandados de prisão, oito de buscas e um mandado de condução coercitiva

MINAS: Um mandado de busca e apreensão e um de condução coercitiva

GOIÁS: Dois mandados de busca

MATO GROSSO: Um mandado de busca

AMAZONAS: Um mandado de prisão e dois de buscas

Tudo o que sabemos sobre:

FBIOperação Hashtag

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.