Facebook e Google assinam acordo com TSE contra disseminação de Fake News nas eleições

Facebook e Google assinam acordo com TSE contra disseminação de Fake News nas eleições

Memorando de entendimento, obtido pelo Broadcast Político, prevê que as empresas se comprometerão, em consonância com as normas internacionais de direitos humanos e boas práticas da indústria, "a combater a desinformação gerada por terceiros"

Rafael Moraes Moura/BRASÍLIA

28 Junho 2018 | 12h23

Foto: Filipe Araújo/Estadão

O Facebook e o Google assinaram nesta quinta-feira, 28, um acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra a disseminação de notícias falsas (fake news) na próxima campanha eleitoral.

O memorando de entendimento, obtido pelo Broadcast Político, prevê que as empresas se comprometerão, em consonância com as normas internacionais de direitos humanos e boas práticas da indústria, “a combater a desinformação gerada por terceiros”.

O texto também prevê que Facebook e Google apoiarão “a prevenção de práticas dolosas de desinformação, projetos de fomento à educação digital e iniciativas que promovam o jornalismo de qualidade”.

A formalização do memorando de entendimento foi antecipada na edição desta quinta-feira da Coluna do Estadão.

O presidente do TSE, ministro Luiz Fux, participou nesta manhã de solenidade no TSE para assinar o memorando com as plataformas digitais.

A iniciativa é similar a um acordo de colaboração acertado no início deste mês entre a Corte Eleitoral e dez partidos políticos para a “manutenção de um ambiente eleitoral imune de disseminação de notícias falsas”.

Mais conteúdo sobre:

TSEeleições