Exposição de obras da Lava Jato vai até julho

O valor da entrada inteira é de R$ 6; estudantes pagam meia

Redação

15 de maio de 2015 | 03h00

Museu Oscar Niemeyer em Curitiba. Foto: Kadu Niemeyer/Divulgação

Museu Oscar Niemeyer em Curitiba. Foto: Kadu Niemeyer/Divulgação

Por Ricardo Chapola

O Museu Oscar Niemeyer (MON), localizado em Curitiba, vai manter exposto até o dia 12 de julho o acervo apreendido pela Polícia Federal durante a Operação Lava Jato. As obras que foram recolhidas pela polícia estavam na casa de empresários e políticos que foram presos no âmbito da força-tarefa que desmontou um esquema de corrupção na Petrobrás.

Segundo informa a administração do museu, “não há, até a presente data, estimativa em relação ao valor financeiro dos quadros”. Na sala, há 38 quadros expostos.

Depois dessa data, as obras permanecerão no museu, em um local chamado de reserva técnica, onde o público não tem acesso. Trata-se de um local onde a administração do museu mantém as peças de seu acervo guardadas, com ambiente e temperatura adequados para não danificar as obras de arte.

Para quem for visitar, o acervo está sendo exibido numa sala reservada do museu – a de número 2.

Tudo o que sabemos sobre:

Museu Oscar Niemeyeroperação Lava Jato