Entregador de delivery leva pizzas de calabresa e mussarela para a sede da PF após oito horas de depoimento de Moro

AO VIVO

Eleições: 2020: notícias, resultados e apuração do 2° turno

Entregador de delivery leva pizzas de calabresa e mussarela para a sede da PF após oito horas de depoimento de Moro

Pedido foi solicitado por delegados que acompanham a oitiva do ex-ministro sobre acusações de 'interferência política' do presidente no comando da corporação

Júlio César Lima, especial para o Estado/CURITIBA e Paulo Roberto Netto/SÃO PAULO

02 de maio de 2020 | 21h39

O depoimento de Sérgio Moro passou de oito horas de duração e segue sendo prestado na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. A demora levou os agentes a solicitarem pizza, levada por um entregador de delivery até a sede da PF.

O pedido foi solicitado pelos delegados para todo o grupo que acompanha Moro em seu depoimento. O ex-juiz está acompanhado de advogado, e é ouvido pela delegada Christiane Corrêa Machado, chefe do Setor de Inquéritos Especiais, responsável por investigações de competências da Corte e quem conduz a oitiva, e o delegado Igor Romário de Paula, diretor de Combate ao Crime Organizado.

A PGR está representada pelos procuradores João Paulo Lordelo Guimarães Tavares, Antonio Morimoto e Hebert Reis Mesquita – este último integrou o grupo de trabalho da Lava Jato dentro da Procuradoria-Geral desde a gestão Raquel Dodge.

Nas imediações da sede da PF, manifestantes a favor do governo e apoiadores do ex-ministro se aglomeram durante a tarde, mas começaram a se dispersar no início da noite.

Entregador leva pizzas para a superintendência da Polícia Federal, em Curitiba. Foto: Júlio César Lima / Estadão

Tudo o que sabemos sobre:

Sérgio MoroPolícia Federal

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: