Entenda os caminhos que os processos de Lula podem tomar

Entenda os caminhos que os processos de Lula podem tomar

Redação

10 de março de 2021 | 09h20

Ministro do Supremo Edson Fachin e ex-presidente Lula. FOTOS: UESLEI MARCELINO/REUTERS E GABRIELA BILO/ESTADÃO

Após o ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin apontar incompetência da 13.ª Vara da Justiça Federal do Paraná e anular os processos da Lava Jato envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, os casos serão remetidos à Justiça Federal no Distrito Federal.

Caberá, agora, à Justiça Federal no DF analisar as provas contra Lula nos casos do triplex do Guarujá, do sítio de Atibaia, da compra de um terreno para o Instituto Lula e de doações para a mesma entidade.

Em paralelo, avança no Supremo o julgamento sobre a suspeição do ex-juiz Sérgio Moro – a defesa do ex-presidente afirma que Moro foi parcial ao condenar Lula no caso do triplex. Nesta terça-feira, 9, o ministro Kassio Nunes Marques pediu vista (mais tempo para análise) e adiou, mais uma vez, o julgamento. Não há previsão para a conclusão do caso pela Segunda Turma. O placar está empatado em 2 a 2.