Em sete dias de home office, Justiça Federal em São Paulo e Mato Grosso do Sul edita mais de 100 mil atos

Em sete dias de home office, Justiça Federal em São Paulo e Mato Grosso do Sul edita mais de 100 mil atos

Levantamento indica que 63 mil despachos, 14,6 mil sentenças, 15,9 mil decisões e quase 3 mil acórdãos foram registrados

Redação

27 de março de 2020 | 15h39

Tribunal Regional Federal da 3.ª Região. FOTO: CNJ/DIVULGAÇÃO

A Justiça Federal da 3ª Região, que abrange os Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, editou, em sete dias de teletrabalho por causa do novo coronavírus, 101,9 mil atos, incluindo 63 mil despachos, 14,6 mil sentenças, 15,9 mil decisões e quase 3 mil acórdãos.

Os dados levam em consideração os dias úteis entre 17 e 25 de março, indicando uma média de 14,5 mil atos por dia.

No mesmo período, 26,6 mil processos foram distribuídos e 11,9 mil, baixados.

Somente no Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), foram pelo menos 2,5 mil acórdãos, 2,4 mil decisões e mais de 1,8 mil despachos.

Na primeira instância de São Paulo e do Mato Grosso do Sul, as Varas Federais e os Juizados Especiais Federais editaram mais de 88 mil atos, com mais de 61 mil despachos, 14,6 mil sentenças e 12,5 mil decisões.

Já com relação às Turmas Recursais, 11,4 mil atos foram editados.

Segundo o TRF-3, o levantamento não não inclui todos os atos dos últimos dias do período de análise, então os números podem ser ainda maiores.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.