Em Família é deflagrada contra fraudes de R$ 2,9 mi em benefícios previdenciários no Rio

Operação da PF e da força-tarefa previdenciária mira uma advogada e familiares que supostamente atuam desde a década de 90 fazendo uso de documentos falsos para criar segurados e dependentes

Redação

20 de setembro de 2018 | 10h41

A Polícia Federal, em conjunto com a Força Tarefa Previdenciária, deflagrou nesta quarta-feira, 20, a Operação Em Família, com o objetivo de desarticular um esquema de fraudes na obtenção de benefícios previdenciários no município do Rio de Janeiro.

Segundo a corporação, por meio de nota, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, expedidos pela 7ª Vara Criminal da Justiça Federal do Rio de Janeiro.

“A Operação investiga grupo criminoso formado por uma advogada e seus familiares, que atua desde a década de 90 fazendo uso de documentos falsos para criar segurados e dependentes com o intuito de receber benefícios previdenciários. Foram identificados o pagamento irregular de 14 benefícios, totalizando o valor de aproximadamente R$ 2,9 milhões”, diz a PF.

Os investigados responderão pelos crimes uso de documento falso e de estelionato previdenciário.

De acordo com a Polícia Federal, o nome ‘Em Família’ faz alusão ao fato de que os fraudadores pertencem à mesma família, usando os próprios nomes ou de personagens criados.