Em depoimento à PF, executivo da Siemens fala sobre suspeita de propina

Em depoimento à PF, executivo da Siemens fala sobre suspeita de propina

Mateus Coutinho

04 Dezembro 2013 | 07h00

Executivo da empresa alemã, Mark Gough declarou à Polícia Federal que a multinacional suspeita que parte dos US$ 7 milhões que a empresa diz terem sido desviados por Adilson Primo tenha sido usada para pagar propina a agentes públicos, conforme revelou a matéria publicada nesta quarta-feira pelo Estado

Confira abaixo a íntegra do depoimento à Polícia Federal:

 

Mais conteúdo sobre:

cartel metrôPolícia FederalSiemens