Em 5 anos de Lava Jato, peritos da PF já fizeram 1,7 mil laudos

Em 5 anos de Lava Jato, peritos da PF já fizeram 1,7 mil laudos

Entre março de 2014 e março de 2019, mais de 6 mil itens foram analisados cientificamente pela perícia criminal da Polícia Federal; pen drives (1620), discos rígidos (1039), telefones celulares (990) e computadores (741) são os principais elementos examinados

Redação

02 de abril de 2019 | 09h00

Foto: Assessoria de imprensa da Associação dos Peritos

O número de laudos entregues pelos peritos criminais federais que atuam nas investigações da Lava Jato já ultrapassa a marca de 1.750. Os dados levam em consideração o período de março de 2014 a março de 2019, mês em que a operação completou 5 anos de atuação.

A perícia criminal federal é a carreira da Polícia Federal incumbida de fazer análises científicas nos vestígios deixados em cenas de crimes e também em materiais apreendidos.

Os laudos da Lava Jato foram produzidos com base nos materiais coletados nas buscas e apreensões e também nas informações levantadas no âmbito de delações premiadas.

A investigação já acumula cerca de 510 laudos sobre dispositivos de armazenamento de dados, como pen drives e discos rígidos. Outros 760 laudos versam sobre exames em computadores e celulares.

O acervo científico da Lava Jato tem ainda 230 laudos sobre patrimônio histórico, artístico e cultural, 180 sobre exames financeiros e contábeis, 30 sobre locais de internet, 11 sobre locais de informática e 16 sobre documentos de engenharia.

Com a análise científica dos materiais relacionados a possíveis crimes, os peritos verificam se os itens podem ser usados como provas materiais.

Eles são obrigados, por lei, a manter isenção e equidistância das partes do processo, não podendo perseguir a condenação ou a absolvição dos acusados.

Durante os cinco anos de Lava Jato, mais de 6 mil itens foram analisados cientificamente pela perícia criminal da Polícia Federal. Pen drives (1620), discos rígidos (1039), telefones celulares (990) e computadores (741) são os principais elementos examinados.

Tendências: