Eleição municipal: hora de melhorar a sua cidade!

Eleição municipal: hora de melhorar a sua cidade!

Cássio Faeddo*

15 de novembro de 2020 | 05h30

Cássio Faeddo. FOTO: DIVULGAÇÃO

Em 15 de novembro os eleitores decidirão quais serão os prefeitos e vereadores que cuidarão exclusivamente dos assuntos relacionados ao município.

Leia Também

Bons votos

Bons votos

Desta forma, os eleitos terão a responsabilidade de gerenciar o orçamento da cidade que decorre basicamente das receitas do ISS, IPTU, e algumas taxas, como de funcionamento e publicidade dos estabelecimentos comerciais, por exemplo.

Para sermos claro, esses administradores trabalharão com a zeladoria da cidade.

Escolas, hospitais, saneamento, creches, alimentação de crianças, plano diretor, zoneamento, meio ambiente, parques, são alguns dos temas com os quais se ocuparão a partir de 2021.

Segurança é tema de preocupação do governo estadual, embora as guardas municipais possam atuar nos flagrantes. Porém, a guarda civil existe legalmente apenas para cuidar do patrimônio do município. Promessas de segurança nessa área são desprovidas de base legal.

Vale ressaltar que caberá principalmente aos vereadores a fiscalização do Poder Executivo e os gastos definidos no orçamento.

Outro ponto: frentes de geração de emprego. 2021, por tudo que vivemos esse ano, exigirá muito trabalho.

Essa realidade importará em trabalho duro. Acordar cedo e dormir tarde! Prefira candidatos dispostos a isso, e também que se comprometam com cortes de gastos.

Prefira direcionar seu voto para candidatos com um bom histórico; que saibam dos limites legais do mandato, e que não estejam prometendo coisas que não podem cumprir por força de lei.

Não é hora de pautas temáticas. Em outras palavras, pautas ideológicas não estão nesse cardápio.

Valorize seu voto! Não caia na cilada de comunismo x capitalismo. Isso só aparece para desinformar e tumultuar.

Vote com consciência!

*Cássio Faeddo, advogado. Mestre em Direito. MBA em Relações Internacionais – FGV/SP

Notícias relacionadas

Tudo o que sabemos sobre:

ArtigoEleições 2020

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.