Doria manda 60 policiais estudarem fora do País

Doria manda 60 policiais estudarem fora do País

Agentes fazem cursos de aprimoramento na China, EUA, Chile, Colômbia, Rússia, Itália, Alemanha e Argentina

Pepita Ortega

29 de outubro de 2019 | 13h56

O governo João Doria autorizou cerca de 60 policiais do Estado de São Paulo a participarem de cursos de aprimoramento fora do Brasil.

Doria enviou os agentes para se aperfeiçoarem em China, Estados Unidos, Chile, Colômbia, Rússia, Itália, Alemanha e Argentina. Foto: Gabriela Biló/Estadão

As aulas englobam temas como liderança policial, tecnologia anti-sequestro, extorsão, combate ao crime organizado, ferramenta de investigação de material de exploração sexual infantil, entre outros.

Os países visitados são China, Estados Unidos, Chile, Colômbia, Rússia, Itália, Alemanha e Argentina.

Entre os policiais estão delegados, investigadores, peritos criminais, agentes de telecomunicação e papiloscopistas.

Os treinamentos vão até o final deste ano, informou o governo paulista.

Tudo o que sabemos sobre:

João DoriaSão Paulo [estado]

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: