Doleiros delatores vão qualificar investigadores da Lava Jato no Rio

Doleiros delatores vão qualificar investigadores da Lava Jato no Rio

Palestra 'Aspectos Práticos de Lavagem de Dinheiro' será dada por dois colaboradores na próxima sexta, 17; eles irão explicar como faziam para gerar, custodiar, transportar e liquidar grandes quantidades de dinheiro em espécie

Fausto Macedo e Julia Affonso

14 de agosto de 2018 | 11h37

FOTO: JOSE PATRICIO/ESTADÃO

O Ministério Público Federal no Rio vai promover na próxima sexta, 17, a partir de 9h30, a palestra ‘Aspectos Práticos de Lavagem de Dinheiro’ com objetivo de ‘qualificar autoridades na luta contra a lavagem de ativos’. O evento será fechado para procuradores e servidores da Procuradoria.

A palestra foi desenvolvida a partir do acordo de delação premiada de dois doleiros presos na Operação Lava Jato no Rio.

Por meio desse acordo, segundo informou a Procuradoria, foi imposto aos colaboradores ‘a obrigação de ministrar palestras com o intuito de capacitar as autoridades no assunto’.

Com 3 horas de duração, a palestra pretende revelar as atuais tipologias de lavagem de dinheiro no Brasil e seus aspectos práticos.

Por meio de exemplos concretos, os delatores irão explicar como faziam para gerar, custodiar, transportar e liquidar grandes quantidades de dinheiro em espécie, com a finalidade de prevenir não só a lavagem de ativos, como a sonegação fiscal.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.