Doleiro diz à Justiça que não mandou dinheiro para Anastasia

Doleiro diz à Justiça que não mandou dinheiro para Anastasia

Alberto Youssef, por seus advogados, afirma, ainda, que "nunca teve relação" com deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ)

Redação

13 de janeiro de 2015 | 22h16

Por Mateus Coutinho, Fausto Macedo e Ricardo Brandt

O doleiro Alberto Youssef rechaçou, por meio de seus advogados, em petição à Justiça Federal no Paraná, “a alusão ao seu nome, como pretenso mandante de qualquer entrega” de dinheiro ao senador eleito Antonio Anastasia (PSDB).
A petição foi protocolada nesta terça feira, 13.

Youssef negou “terminantemente a inverídica notícia” de que teria mandado o agente federal Jayme Oliveira, o Jayme Careca, levar R$ 1 milhão para o tucano.

O doleiro afirma, ainda, que “nunca teve qualquer relação” com o deputado Eduardo Cunha (PMDB/RJ).

Para os advogados de defesa do doleiro, “vazamentos e divulgações mentirosas só pretendem prejudicar Alberto Youssef e sua família e têm o objetivo subalterno de tumultuar o processo ou mesmo criar fatos que possam beneficiar terceiros interessados com eventual nulidade da colaboração”.

Documento

  • imagempeticaoadvogadoyoussef   PDF