‘Dia do Saci’ da PF prende homem com 10 mil imagens de crianças e adolescentes em Florianópolis

‘Dia do Saci’ da PF prende homem com 10 mil imagens de crianças e adolescentes em Florianópolis

As penas previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente para os crimes de produção, posse e transmissão desses arquivos podem, somadas, chegar a 18 anos de prisão

Pedro Prata

31 de outubro de 2019 | 16h38

Um homem de 38 anos foi preso em flagrante com mais de 10 mil imagens de pedofilia na manhã desta quinta, 31, durante a Operação ‘Dia do Saci’, da Polícia Federal.

Somadas, penas podem chegar a 38 anos de prisão. Foto: PF/Divulgação

Oito agentes federais realizaram mandados de busca contra o investigado, em Florianópolis. Ele é usuário de software de comunicação pela internet que recebeu e transmitiu os arquivos contendo cenas de sexo explícito envolvendo crianças e adolescentes.

As imagens estavam armazenadas em celulares, tablet, discos rígidos e cartão de memória. O material foi apreendido durante a operação.

As investigações apontaram que o homem criou perfil falso em rede social fazendo-se passar por uma adolescente, a fim de induzir adolescentes masculinos a enviar fotografias e vídeos de seus órgãos genitais, bem como transacionar mensagens e arquivos ilícitos por aplicativos de comunicação, ocultando sua verdadeira identidade.

As penas previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente para os crimes de produção, posse e transmissão desses arquivos ilegais podem, somadas, chegar a 18 anos de prisão.

A PF informou que o nome da operação faz alusão ao ‘Saci’ – ser mítico que conseguia ficar invisível para confundir os caçadores, da mesma forma que o investigado ao fazer uso de aplicativos de comunicação pela internet não rastreados pela Polícia.

Tudo o que sabemos sobre:

PedofiliaPolícia Federal

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: