Deputado pede convocação de Robson Marinho para prestar explicações na Assembleia de SP

Mateus Coutinho

17 de março de 2014 | 15h51

Parlamentar da oposição, Carlos Giannazi (PSOL), também solicitou que os promotores de Justiça do Patrimônio Público e Social Silvio Marques e José Carlos Blat compareçam ao legislativo estadual

por Fausto Macedo

Na última sexta-feira, 14 de março, o deputado estadual Carlos Giannazi (PSOL) protocolou pedido de convocação do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Robson Marinho — investigado pelo Ministério Público de ter recebido propinas da empresa Alstom — , à Comissão de Fiscalização e Controle da Assembleia Legislativa. A ideia é ouvi-lo sobre as acusações que pesam contra ele a respeito de propinas recebidas da empresa Alstom.

Também à mesma Comissão, Giannazi solicitou que sejam convidados os promotores de Justiça do Patrimônio Público e Social Silvio Marques e José Carlos Blat para que prestem esclarecimentos sobre as investigações de participação do conselheiro como recebedor de dinheiro de corrupção no âmbito do “Aditivo X do contrato Gisel (Grupo Industrial para o Sistema Eletropaulo)”

Mais conteúdo sobre:

caso alstomRobson Marinho