Deltan da Lava Jato alerta seguidores sobre perfis fakes com seu nome e sua foto

Deltan da Lava Jato alerta seguidores sobre perfis fakes com seu nome e sua foto

'Lava Jato não apoia nenhum político', afirma procurador que coordena força-tarefa do Ministério Público Federal no Paraná e que tem 498 mil adeptos no Twitter e 661 mil no Facebook

Luiz Vassallo e Ricardo Brandt/enviado especial a CURITIBA

07 Outubro 2018 | 13h45

O procurador da força-tarefa da Operação Lava Jato Deltan Dallagnol usou sua conta no Twitter para alertar seguidores sobre perfis falsos com sua foto e seu nome usados para fazer propaganda política. O procurador também pregou ‘consciência’ nas urnas aos eleitores. Deltan tem 498 mil seguidores no Twitter. No Facebook, 661 mil o acompanham.

“Nas últimas semanas, surgiram perfis fakes usando meu nome ou minha foto, inclusive para declarar falso apoio a candidatos. A Lava Jato não apoia nenhum político, mas sim a causa anticorrupção. Este é o meu perfil oficial e o único em que me manifesto nesta rede social”, afirmou, por meio de seu Twitter, no sábado, 6.

Mais tarde, o procurador também manifestou apoio ao trabalho do Ministério Público Federal durante o período das eleições. “MPF acusa candidata no Acre por corrupção. Trabalho contra a corrupção não pode parar no período eleitoral. Candidatos e políticos não têm e não devem ter imunidade nesse período. Justiça tem o dever de fazer e a sociedade tem o direito de saber”.

Ainda neste sábado, Dallagnol voltou a falar sobre as eleições.

“Amanhã todos nós vamos às urnas para escolher o Congresso que vai tomar as principais decisões do Brasil pelos próximos quatro anos. Como são vários votos no mesmo dia, você pode anotar os números dos seus candidatos. Escolha com consciência!”, afirmou.