Delegados da PF foram à Paulista pedir autonomia

Delegados da PF foram à Paulista pedir autonomia

Na manifestação de domingo, 12, os policiais exibiam cartazes e faixas pela PEC 412, proposta de emenda à Constituição que assegura independência administrativa e financeira à corporação

Redação

13 Abril 2015 | 19h13

FullSizeRender

Ex-ministro da Justiça Reale Junior e a delegada federal Tânia Fernanda

Por Fausto Macedo

Entre o emaranhado de faixas estendidas ao longo da Avenida Paulista domingo, 12, pela multidão de manifestantes que pediam o fim da corrupção e da impunidade no País um grupo se destacava exibindo cartaz intitulado “PEC 412”. Eram delegados da Polícia Federal pedindo apoio à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Autonomia, que assegura à corporação independência administrativa e lhe confere poderes para elaborar o próprio orçamento.

A PEC da Autonomia foi apresentada em 2009, mas ficou travada todos esses anos no Congresso. Agora, em meio à visibilidade que conquistou por causa do êxito das operações contra malfeitos na administração pública, sobretudo na Operação Lava Jato, a PF reivindica um ritmo acelerado ao projeto. Os delegados acreditam que é este o momento para alcançar a antiga aspiração de não depender exclusivamente do Executivo.

A PEC 412 ganhou em março um relator na Comissão de Constituição e Justiça, deputado João Campos (PSDB/GO), delegado de Polícia Civil de profissão. A autonomia é uma antiga aspiração dos delegados federais. Eles querem a prerrogativa de definir sua meta financeira e projeção de despesas.

“A PEC da Autonomia é fundamental para o fortalecimento da Polícia Federal”, avalia a delegada Tania Fernanda Prado Pereira, vice-presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia Federal em São Paulo. Tania encontrou-se na Paulista com o jurista Miguel Reale Junior, que foi ministro da Justiça do governo Fernando Henrique Cardoso.

IMG_5466

Reale Junior vestia uma camiseta branca com os dizeres ‘mais Justiça, mais eficiência, mais honestidade, mais saúde, mais educação, mais Brasil’. A delegada Tania ostentava na camiseta branca a frase ‘mais autonomia para combater o crime organizado, apoie essa ideia’.

Logo, surgiram as adesões. Manifestantes abriram faixas em agradecimento à PF “por lavar o País’.

VEJA IMAGENS DOS DELEGADOS DE POLÍCIA FEDERAL NA MANIFESTAÇÃO PELA PEC DA AUTONOMIA

IMG_5464

IMG_5465

IMG_5457

Mais conteúdo sobre:

Polícia Federal