Delegados da Lava Jato sofrem acidente na Operação Xepa

Delegados da Lava Jato sofrem acidente na Operação Xepa

Érika Mialik Marena e Felipe Hayashi, e ainda a escrivã Marina Ultramarini ocupavam a viatura que capotou perto de Campina Grande do Sul, a 40 quilômetros de Curitiba; os policiais foram hospitalizados e não correm risco de vida

Julia Affonso e Ricardo Brandt

22 de março de 2016 | 18h00

Foto: Reprodução/Sindicato dos Delegados da Polícia Federal

Foto: Reprodução/Sindicato dos Delegados da Polícia Federal

Atualizada em 23/03, às 14h41

Uma equipe da Polícia Federal que trabalhava na Operação Xepa, 26ª fase da Lava Jato, sofreu um acidente de carro no Paraná nesta terça-feira, 22. O automóvel ia de São Paulo para Curitiba quando capotou próximo à cidade de Campina Grande do Sul (PR), a aproximadamente 38 quilômetros da capital paranaense.

A delegada Erika Mialik Marena, o delegado Felipe Hayashi e a escrivã Marina Thomaz Ultramarini, que estavam no carro da PF, foram levados ao Hospital Angelina Caron, onde foram examinados pela equipe médica. Nenhum policial corre risco de vida. Nenhum investigado estava viajando com os federais. Os três tiveram alta durante a noite de terça.

Erika Mialik Marena é uma das delegadas que iniciou as investigações da Operação Lava Jato, junto ao delegado Márcio Adriano Anselmo, no Paraná, em julho de 2013. Ela é especialista em investigações sobre crimes financeiros.

Tudo o que sabemos sobre:

Acidenteoperação Lava Jato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: