Defesa confirma que cunhada de Vaccari se apresenta amanhã à PF

Marice Correa de Lima está regressando do Panamá; advogado é taxativo: 'ela não está foragida, nem sabia da operação'

Redação

16 Abril 2015 | 18h05

Por Ricardo Brandt, enviado especial a Curitiba, Julia Affonso e Fausto Macedo

O advogado criminalista Claudio Pimentel confirmou que nesta sexta feira, 17, irá apresentar a cunhada do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto à Polícia Federal, em Curitiba. “Ela (Marice Correa de Lima) estava em um congresso no exterior, no Panamá, mas já está retornando e vou apresenta-la amanhã (17) em Curitiba. Portanto, ela não não está foragida.”

vaccari

Claudio Pimental destaca que a cunhada de Vaccari “não sabia da operação, ninguém sabia”.

“Marice já estava no exterior há mais de 10 dias”, afirma o advogado.

Ele revela preocupação com as notícias de que a Polícia Federal já dava Marice como foragida. A cunhada de Vaccari teve a prisão temporária decretada, por cinco dias, pela Justiça Federal no Paraná. A força tarefa da Operação Lava Jato suspeita que Marice tenha participado de esquema de propinas na Petrobrás, em parceria com o ex-tesoureiro do PT.

Na quarta feira, 15, a PF a procurou em seu apartamento, em São Paulo, mas não a encontrou.

“Me preocupa muito as notícias de que Marice foi dada como foragida. Temos preocupação porque podem tentar transformar a prisão temporária numa prisão preventiva. Ela não está foragida, amanhã sem falta eu a apresentarei em Curitiba.”