Decano do Supremo, Celso de Mello aguarda resultado de teste para coronavírus

Decano do Supremo, Celso de Mello aguarda resultado de teste para coronavírus

Ministro havia se encontrado na semana passada com o infectologista David Uip, diagnosticado com Covid-19 na segunda-feira, 23

Paulo Roberto Netto/SÃO PAULO e Rafael Moraes Moura/BRASÍLIA

25 de março de 2020 | 18h37

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello aguarda resultado de teste para coronavírus após ter se encontrado na semana passada com o infectologista David Uip, chefe do Centro de Contingenciamento do Coronavírus. O médico foi diagnosticado com Covid-19 na segunda, 23.

Na terça passada, 17, o ministro deu entrada em um hospital de São Paulo para tratar de um quadro infeccioso, não relacionado ao coronavírus, segundo informou seu gabinete. Ele teve alta dois dias depois. Neste ínterim, teve contato com David Uip.

O chefe do Centro de Contingenciamento do Coronavírus foi diagnosticado com Covid-19 na segunda, 23, e entrou em isolamento domiciliar. Pelo Twitter, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), informou que o infectologista estava bem. O tucano também se submeteu a um exame, que voltou negativo, após ter contato com o médico.

O ministro Celso de Mello, decano do Supremo Tribunal Federal. Foto: Fellipe Sampaio/SCO/STF

Recluso em casa enquanto aguarda o resultado, Celso de Mello está de licença médica até o dia 30 de março devido a uma cirurgia no quadril realizada em janeiro. Segundo o ‘Estado’ apurou à época, o ministro reclamava de dores nos últimos anos e tem dependido de cadeira de rodas para chegar ao plenário das sessões do Supremo.

Decano do Supremo, Celso de Mello completa 75 anos em 1º de novembro deste ano, idade em que é aposentado compulsoriamente e uma nova vaga na Corte é aberta.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: